Feeds:
Posts
Comentários

ACESSE MEU NOVO BLOG

Gente, para acessar meu blog atualizado é só cicar em  http://www.danialmeida.com

Espero vcs por lá ok?

Troque este vale por um desenho”. Esta frase está escrita em 150 folhas desenhadas de um talão que foram distribuídas aleatoriamente entre os moradores do bairro de Peixinhos, no Recife, ontem. A ação Vale desenho – Encontro Simbólico faz parte do SPA das Artes 2010, promovida pelo artista João Lin. Hoje, várias pessoas foram até a Biblioteca do Nascedouro para pegar o seu desenho. Mas, para isto, o interessado tinha que conversar com o artista. Da troca de ideias, surge um novo desenho, diferente do que estava no papel do talão, mas mais parecido com a vida que o presenteado leva.

A comerciante Luciene Maria, 50 anos, confirmou isto. Ela recebeu um papel com vários olhos desenhados. “Achei perfeito com o momento em que estou passando na minha vida”, disse. A moradora do bairro de Peixinhos disse estar se recuperando de uma cirurgia em um dos olhos. E a conversa que ela teve com o artista foi refletida na ilustração que recebeu.

Já a estudante Nathalia Regina, 24 anos, filha de Luciene, resolveu acompanhar a mãe e acabou ficando com uma obra do artista. “Dei o nome da minha de ‘Um peixe de cauda longa submergindo de um mar turbulento”, conta. Sobre a ação do SPA das Artes, a estudante ainda disse ter ficado satisfeita por ter conhecido o local. “Eu não conhecia esta funcionalidade do Nascedouro. Uma coisa levou a outra”, disse.“A brincadeira é a pessoa não saber o que é o desenho. Assim, ela vai querer saber o que é. Eu acho que o importante é o diálogo”, conta Lin. “Às vezes o trabalho sai da proposta de fazer o desenho a partir do que tem no talão. Teve um rapaz que queria um Exu. E ele recebeu. O mais importante é a interação e que a pessoas fiquem satisfeitas, que se sintam bem”, resume o artista.

E esta possibilidade de interação com o público foi um dos motivos para o artista escolher o bairro de Peixinhos para desenvolver a ação. “Não tem lugar melhor para esta brincadeira com símbolos do que uma biblioteca”, disse.

Além disso, Lin afirmou que este trabalho é também uma forma de aplicar o dinheiro público com a arte fora dos centros que geralmente consomem e contam com mais oferta de trabalhos artísticos. “É uma questão de responsabilidade com o dinheiro público”, resumiu o artista.

Vale desenho – Encontro Simbólico é desenvolvida pelo artista João Lin por conta da Bolsa Prêmio Exposições Descentralizadas, promovida pelo SPA das Artes 2010. O público ainda poderá conferir um vídeo realizando durante o processo artístico. O encontro acontecerá na Praça da Caixa D’Água, 18/09 também no bairro de Peixinhos, Olinda.

Confira abaixo o vídeo “Vale um desenho” produzido a partir da intervenção que Lin fez semana passada na Biblioteca Nascedouro dentro da programação do evento “SPA das Artes”.

Livro de Frederico Pernambucano de Melo, revela detalhes sobre a “moda” dos cangaceiros. O prefácio é de Ariano Suassuna. Vale a pena conferir!

Quem disse que palavrão não é cultura? Se em tempos passados o termo feio era reservado apenas a poucas tribos, hoje é prática corriqueira até no Congresso Nacional. Em meados dos anos 70, o escritor Mário Souto Maior (1920-2001) percebeu o valor dessa cultura e sistematizou esse rico vocabulário no Dicionário do palavrão e termos afins. Lançado em 1979, o livro agora está de volta nas prateleiras das principais livrarias do Brasil.

Em pouco mais de 200 páginas desta obra, que segundo Gilberto Freire , autor do prefácio, é “pioneira e lúcida”, estão contemplados os significados de palavrões escrachados, assim como aqueles mais sutis, ou em desuso, como “papar na caixa” e “viver sem regras”, antigas expressões para a prática dos pederastas. De acordo com Jan Souto Maior, filho de Mário, dos livros de seu pai, este foi o livro que teve mais repercussão. Jan afirma que o dicionário surgiu de uma conversa que Mário teve com Gilberto Freyre, que na época deu o que falar.

Dicionário do palavrão e termos afins teve oito edições, a primeira pela editora Guararapes e as demais, pela Record e agora pela Editora Leitura. Outros títulos bastante lidos do autor são: Remédios populares do Nordeste, Comes e bebes do Nordeste e Nomes próprios ou comuns, todos fora de catálogo. Entre títulos póstumos estão O grande livro das adivinhações e Dicionário folclórico para estudantes.

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Pernambuco convoca a classe artística pernambucana para um atendimento especial nos dias 9 e 10 de setembro de 2010 na sede da instituição, na Ilha do Retiro, em Recife.

O objetivo é conhecer os empreendedores (artistas e produtores, formais e informais) das áreas de produção cultural e artística, bem como identificar suas necessidades em relação ao desenvolvimento do empreendimento cultural, em áreas gerenciais como mercado, clientes, processos produtivos e finanças.

Os segmentos convocados são: produções cinematográficas e audiovisuais, produção musical, produção teatral, produções culturais e artísticas em geral, sua exibição ou apresentação, inclusive no caso de música, literatura, artes cênicas, artes visuais, cinematográficas e audiovisuais.

O público que comparecer ao atendimento especial assistirá a uma palestra sobre o Empreendedor Individual. Após esta palestra, haverá o preenchimento individual de uma ficha cadastral e de um questionário focado no empreendimento.

O atendimento será realizado nas dependências do SEBRAE durante os dois dias, tanto pela manhã (8h – 12h) quanto pela tarde (14h – 18h). Espera-se a presença de cerca de 200 profissionais de todos os segmentos artísticos. O participante deve escolher um dos períodos que mais lhe convier, a saber:

PERÍODO DATA HORA ATIVIDADE
1 09/09MANHÃ 08h Empreendedor Individual
10h Preenchimento questionário
2 09/09TARDE 14h Empreendedor Individual
16h Preenchimento questionário
3 10/09MANHÃ 08h Empreendedor Individual
10h Preenchimento questionário
4 10/09TARDE 14h Empreendedor Individual
16h Preenchimento questionário

O evento é gratuito e contará com uma equipe de técnicos, analistas, instrutores e consultores credenciados do SEBRAE/PE para explicar os temas e esclarecer as dúvidas.

Após este diagnóstico, analistas e técnicos do SEBRAE irão procurar novamente os empreendedores culturais para oferecer cursos e treinamentos voltados para as carências gerenciais apontadas por eles.

Serviço
Programa Negócio a Negócio – edição especial
Atendimento direcionado: produção cultural e artística
Público alvo: artistas e produtores culturais (formais e informais)
Dias 9 e 10 de setembro de 2010
Das 8h às 12h e das 14h às 18h
Local: SEBRAE – Rua Tabaiares, 360, Ilha do Retiro

Informações
Leonardo Salazar (consultor especial)
(81) 9994.9542
contato@leosalazar.com.br

No último dia 21 de agosto, a Bodega do Brasil, através de artistas populares, prestou uma brilhante homenagem ao inesquecível Raul Seixas e foi sucesso garantido em seu último encontro.

Na ocasião, o público presente, numa só sintonia, declamaram e cantaram o eterno maluco beleza. O Grupo Bodega do Brasil, integrado por Costa Senna , Ornela e Júbilo Jacobino, tocou clássicos de Raulzito e contou ainda com a participação do músico Anderson Brasil. Na apresentação do evento, a jornalista e poetisa Daniella Almeida levou ao palco as cordelistas Cleusa Santo e Benedita Delazari, os ativistas do Projeto ambiental Ecos do Meio, Carlos Mahlungo e Rose Campos, o cantor de MPB regional Rhaifer, entre outros grandes artistas e colaboradores.

A Bodega do Brasil também contou com a exposição do repórter fotográfico Chico Alves que expôs imagens de artistas consagrados da música brasileira, tais como: Alceu Valença, Dominguinhos, Luiz Melodia, Antônio Nóbrega, João Bosco entre outros, tendo como plano de fundo a história de Raul Seixas. A Oxente TV (www.oxentetv.com.br) , também esteve presente e fez a cobertura, onde o jornalista Carlos Moura, editor-chefe do Jornal Centro em Foco, foi um dos destaques da seletiva de entrevistados.

No mês de setembro, a Bodega levará ao seu palco no dia 18, o grande lançamento do CD Cante esse Refrão Por Aí, do cantor e cordelista Costa Senna. A festa terá início a partir das 16h e vai até às 20h, no prédio da Ação Educativa, que fica na Rua General Jardim, 660, no bairro da Santa Cecília, Centro de São Paulo.

Movimento- Com o objetivo de fortalecer e divulgar a classe artística perante seu público e meios sociais, a Bodega do Brasil é um movimento de integração entre cantores, atores, poetas, cordelistas e artistas dos mais diversos gêneros da cultura popular brasileira. O evento é gratuito e para todas as idades.

Serviço:

Bodega do Brasil e lançamento do CD Cante esse Refrão Por Aí, do cantor Costa Senna

Quando? 18 de setembro a partir das 16h

Onde? Prédio da Ação Educativa. Rua General Jardim, 660, no bairro da Santa Cecília, Centro, São Paulo

Quanto? Entrada Franca

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.