Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Fazendo a diferença’ Category

Essa palestra-show, entitulada, Treinamento Rima com Divertimento é um método inédito, criado para profissionais da área comercial, desenvolvido pelo poeta-cordelista Luiz Wilson. Nele, Wilson aborda através da literatura de cordel, técnicas de vendas que vão desde a apresentação e atendimento, até a pós venda. Confira mais no vídeo abaixo.

Read Full Post »

Ano passado, participei da primeira edição do Sarau Sítio da Ressaca declamando meu cordel da Alma Gêmea e graças a Deus , foi um sucesso. Este ano, tive a honra de receber o convite mais uma vez de um de seus organizadores, o ator Valdir Carlos, só que agora, para ser apresentadora das atrações. Adorei a oportunidade e no próximo dia 22 de maio, estarei lá para apresentar o melhor da cultura em São Paulo. Quem puder comparecer, fica a deixa para juntos, curtirmos um dia que será pra lá de especial.

É isso aí galera. Hasta la Victoria siempre 🙂

Read Full Post »

Perceber a arte em nosso cotidiano, nem sempre é uma tarefa fácil, afinal, são tantas as responsabilidades diárias, que pouco sobra tempo para esses detalhes certo? Errado. Enxergar a beleza em nossa volta pode ser mais simples do que muitos imaginam.

Casa do Dharma oferece vários cursos,dentre eles, o de teatro

Seja reparando uma escultura num parque onde você caminha ou mesmo se matriculando em oficinas de arte, alternativas para observar o mundo de outra forma são o que não faltam.

Para à atriz e professora de teatro, Flávia Melman, “ a arte existe para legitimar nossas impressões e opiniões sobre aquilo que nos cerca. Logo, a arte tem como valor social, integrar as pessoas naquilo que elas buscam”, revela.

Quem diga a administradora Silvana Cruz. Após iniciar a oficina de Clown (palhaço) na *Casa do Dharma, escola de artes localizada no bairro da Aclimação em São Paulo, sua vida tomou outro rumo. “Lá redescobri minha verdadeira espontaneidade”, afirma.

Descobrir tal valor pode acontecer de diferentes maneiras. Após grandes traumas, por exemplo, agrega-se até valores psicoterapêuticos a arte. Um caso muito famoso foi o da lendária pintora mexicana Frida Kahlo, que após um terrível acidente, descobriu, ainda enferma, seu talento na pintura, retratando inclusive, seu sofrimento em muitos quadros de sucesso.

Seja qual for à forma, o importante é não fazê-la despercebida. O principal nisso tudo é reconhecer que a arte nos ensina a pôr para fora os enigmas mais incríveis da nossa vida.

Serviço:

Oficinas de arte: Teatro, canto, clown, dança e bordado

Onde? Casa do Dharma – Rua Motuca, 35, Aclimação

Contato: 11 2539-675 / contato@dharmaciadeartes.com

* Informando ser leitor do Blog da Dani, na matrícula, será dado 10% de desconto nas oficinas da Casa do Dharma.

Read Full Post »

A repercussão da nossa estadia em Guaxupé foi muito bacana. Mas, a literatura de cordel apesar de popular, ainda não é tão conhecida pelos guaxupeanos.

Nosso principal objetivo nesta ocasião foi levar àquele momento, os valores desta literatura trazida pelos portugueses ao Brasil e difundida principalmente no Nordeste, além de mostrar a irreverência didática que esta cultura proporciona.

Professores e pessoas ligadas à cultura se impressionaram com a riqueza do cordel, principalmente, no que diz respeito à variedade de temáticas, clareza e organização das construções poéticas. Pena que um público mais amplo não pôde constatar o que poucos viram afinal, a cultura popular é feita para todos, mesmo assim, valeu a intenção e fica para uma próxima vez. Hasta la victoria siempre 🙂

Banner Caravana do cordel

Maria José e nossos produtos culturais

mesmo tímido, público prestigia apresentações

e aprova

Read Full Post »

Por tradição, maio é oficialmente o mês das noivas e obviamente, também dos casamentos. A cada ano, as inovações nesta festa tão marcante na vida de um casal, são crescentes. E para tal, muitos apostam em meios cada vez mais autenticos para diferenciar o momento, que por força maior, exige a formalidade. Para fugir dos padrões, a idéia é deixar os convidados (até os indesejáveis) bem informados sobre a a história dos dois, mas, de forma irreverente e descontraída.

A literatura de cordel neste caso é a melhor pedida. Tradicionalmente nordestina, hoje o cordel tem espaço em grandes eventos, festas e encontros, principalmente, por quebrar formalidades e falar de temáticas diversas de forma que todos possam entendê-la e apreciá-la.

A festa de casamento é uma delas. O cordel pode ser feito desde o convite até as lembrancinhas. No primeiro caso, todas as regras convencionais são seguidas, porém a métrica e a rima dão todo o diferencial no chamamento do convidado ao evento. A capa também seduz. A xilogravura (ilustração típica do cordel) pode ser outro item acrescentado neste inusitado convite.

Já as lembrancinhas, o típico folheto narrando a história do casal desde o começo até os dias atuais, é à atração a parte da festa. Situações cômicas e marcantes são fatos certos a serem explorados no texto. A capa também pode ser xilogravura, ou a própria foto do casal. O folheto pode ser entregue na recepção, ou mesmo colocado na mesa de cada convidado. A novidade ainda pode ser acompanhada da declamação do poeta em dado momento da festa. Uma coisa é certa: a surpresa deixa os convidados participativos com o evento e o momento torna-se inesquecível para todos.

Neste mês, os pedidos crescem ainda mais. Se a novidade chama sua atenção é só entrar em contato conosco no blogdadani@danialmeida.com
Mande sua história, escolha seu pacote.

Completão (Convite e Lembrancinha): Conteúdo + Ilustração + Impressão+Declamação(em SP)

ou

Basicão (Convite ou lembrancinha): Apenas Conteúdo

PS: Para aqueles que moram fora de São Paulo e quiserem a declamação do poeta, as despesas de locação do artista são inclusas.

Read Full Post »

Um projeto super bacana chamado “DOE PALAVRAS” desenvolvido no Hospital Mário Pena , em Belo Horizonte, chamou minha atenção por desenvolver um trabalho bastante interessante com pacientes que enfrentam o drama do câncer e que todos nós podemos participar. Para isto, basta termos boa vontade, internet e palavras de otimismo.

Funciona da seguinte maneira: você acessa o site: http://www.doepalavras.com.br/ escreve uma curta mensagem de otimismo pela página principal ou pelo twiter e depois de um filtro, seu texto é exibido em Tvs e telões internos do hospital em locais onde os pacientes estão fazendo o tratamento. A reação deles é maravilhosa. Vale por mil quimioterapias. Seu ato pode transformar a maneira como eles enfrentam o cancêr.

Participe, doe seus pensamentos e palavras de amor aqueles que não  apenas hoje, mas, todos os dias  necessitam de doses de otimismo para enfrentar essa doença tão fragilizadora. As mensagens compiladas nesse projeto vão se transformar em livro que será doado para diversos hospitais.Não é maravilhoso? Então, faça sua parte. Conheça mais sobre o projeto em vídeo no link abaixo.

É isso aí galera. Hasta la victoria siempre 🙂

VÍDEO PROJETO DOE PALAVRAS

Read Full Post »