Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘EduCultura’ Category

Troque este vale por um desenho”. Esta frase está escrita em 150 folhas desenhadas de um talão que foram distribuídas aleatoriamente entre os moradores do bairro de Peixinhos, no Recife, ontem. A ação Vale desenho – Encontro Simbólico faz parte do SPA das Artes 2010, promovida pelo artista João Lin. Hoje, várias pessoas foram até a Biblioteca do Nascedouro para pegar o seu desenho. Mas, para isto, o interessado tinha que conversar com o artista. Da troca de ideias, surge um novo desenho, diferente do que estava no papel do talão, mas mais parecido com a vida que o presenteado leva.

A comerciante Luciene Maria, 50 anos, confirmou isto. Ela recebeu um papel com vários olhos desenhados. “Achei perfeito com o momento em que estou passando na minha vida”, disse. A moradora do bairro de Peixinhos disse estar se recuperando de uma cirurgia em um dos olhos. E a conversa que ela teve com o artista foi refletida na ilustração que recebeu.

Já a estudante Nathalia Regina, 24 anos, filha de Luciene, resolveu acompanhar a mãe e acabou ficando com uma obra do artista. “Dei o nome da minha de ‘Um peixe de cauda longa submergindo de um mar turbulento”, conta. Sobre a ação do SPA das Artes, a estudante ainda disse ter ficado satisfeita por ter conhecido o local. “Eu não conhecia esta funcionalidade do Nascedouro. Uma coisa levou a outra”, disse.“A brincadeira é a pessoa não saber o que é o desenho. Assim, ela vai querer saber o que é. Eu acho que o importante é o diálogo”, conta Lin. “Às vezes o trabalho sai da proposta de fazer o desenho a partir do que tem no talão. Teve um rapaz que queria um Exu. E ele recebeu. O mais importante é a interação e que a pessoas fiquem satisfeitas, que se sintam bem”, resume o artista.

E esta possibilidade de interação com o público foi um dos motivos para o artista escolher o bairro de Peixinhos para desenvolver a ação. “Não tem lugar melhor para esta brincadeira com símbolos do que uma biblioteca”, disse.

Além disso, Lin afirmou que este trabalho é também uma forma de aplicar o dinheiro público com a arte fora dos centros que geralmente consomem e contam com mais oferta de trabalhos artísticos. “É uma questão de responsabilidade com o dinheiro público”, resumiu o artista.

Vale desenho – Encontro Simbólico é desenvolvida pelo artista João Lin por conta da Bolsa Prêmio Exposições Descentralizadas, promovida pelo SPA das Artes 2010. O público ainda poderá conferir um vídeo realizando durante o processo artístico. O encontro acontecerá na Praça da Caixa D’Água, 18/09 também no bairro de Peixinhos, Olinda.

Confira abaixo o vídeo “Vale um desenho” produzido a partir da intervenção que Lin fez semana passada na Biblioteca Nascedouro dentro da programação do evento “SPA das Artes”.

Read Full Post »

Em sua quarta edição, o programa Rumos Literatura é dirigido aos interessados em desenvolver textos reflexivos sobre literatura e crítica literária brasileira contemporânea. A novidade desta edição é a possibilidade de estrangeiros, residentes fora do Brasil, também se inscreverem.

O programa busca colaborar no desenvolvimento de potencialidades ao estimular a formação do interessado em literatura na ampliação de sua rede de relacionamentos intelectuais e profissionais e, posteriormente, lançar e divulgar uma publicação com sua produção autoral.  
O edital está dividido em duas categorias:
1. Produção Literária, para projetos de ensaio que tratem de um tema relativo à produção literária brasileira a partir do início dos anos 1980.

2. Crítica Literária, para projetos de ensaio sobre a produção crítica na literatura brasileira realizada a partir do início dos anos 1980.  Importante: o interessado não precisa escrever o ensaio final, apenas o projeto que será desenvolvido em 2011, conforme consta no edital.

Prazo de inscrições: foram prorrogadas até 13 de agosto de 2010.
Público alvo: todas as pessoas interessadas nos temas propostos pelo edital, independente do nível escolar e segmento de atuação profissional.  Leia o edital completo, regulamento, prêmios e saiba com se inscrever na página http://www.itaucultural.org.br/rumos/regulamento_literatura.pdf
Dentre os prêmios, os selecionados receberão apoio financeiro mensal e remuneração referente ao licenciamento dos direitos autorais do trabalho concluído e aprovado.
E-mail tira dúvida: rumosliteratura@itaucultural.org.br

Read Full Post »

Numa noite repleta de jovens motivados pelo espírito participativo, o lançamento do Guia Catraca Livre e o Programa Palco Digital, realizado ontem (01), no Itaú Cultural em São Paulo, emocionou os presentes.

Gilberto Dimenstein comanda o lançamento do Guia Catraca Livre e do Projeto Palco Digital

O evento, mediado pelo jornalista Gilberto Dimenstein, abriu a semana voltada à cultura e educação e comemorou os dois anos do projeto Catraca Livre, site divulgador de eventos culturais a baixo custo ou custo zero da cidade de São Paulo, nove anos do Instituto Faça Parte e os 13 anos da Associação Cidade Escola Aprendiz.

O Palco Digital é um projeto que conecta escolas de todo o Brasil, através da Rede Catraca, estimulando os alunos a desenvolver blogs e sites como experiência de aprendizagem em parceria com o Catraca Livre, o Faça Parte, Cidade Escola Aprendiz, Itaú Cultural e o Ministério da Cultura.

Na ocasião, professoras e representantes de colégios de classes sociais diversificadas da capital paulista, revelaram a repercussão do projeto na vida dos alunos. Foi o caso do Colégio Porto Seguro da comunidade de Paraisópolis. Lá, os alunos criaram o site ecolivre, com páginas e menus voltados aos trabalhos artísticos, escolares, notícias locais e muito mais.

O aluno Caio, da escola Dante Alighieri, fala sobre experiência ao lado de sua professora

Seguindo a mesma linha, a Escola Dante Alighieri, localizado numa das paralelas da famosa Avenida Paulista, criou o blog Dante Catraca. O aluno Caio, falou sobre a experiência. “Já escrevi sobre a campanha do agasalho e a virada cultural para a revista do site”, comenta.

Já na comunidade de Heliópolis, maior favela de São Paulo, com mais de 125 mil habitantes, o DJ Reginaldo (também parceiro da rede Catraca), é um dos responsáveis pelo site UNAS e rádio Heliópolis, que promovem cidadania e qualidade de vida na comunidade. Segundo Reginaldo, esses projetos resgatam valores que os adolescentes da região achavam que não poderiam ter. Reginaldo também é autor do projeto Alconscientes, também apoiado pelo Catraca Livre e pela Ambev. Nesta ação o DJ promove uma balada black para a juventude que não pode rolar nem bebida alcoólica nem drogas. “Uma vez um rapaz chegou lá e acendeu um baseado (maconha). Nós paramos o som da balada e disse que a festa estava sendo encerrada por causa do garoto. Pensei que a galerinha ia me criticar, mas não, o pessoal deu o maior apoio e nunca mais isso aconteceu novamente”, lembra Reginaldo.

Na Vila Madalena, bairro de São Paulo também conhecido por sua variação cultural, a rede catraca também se amplia. Através do site VilaMundo, que pertence a um Ponto de Cultura de mesmo nome, o projeto agrega várias escolas da região e fala sobre a agenda cultural do bairro, fomentando  o protagonismo juvenil na web.

Esses são alguns dos exemplos da Rede Catraca Livre. “Esse encontro é a prova de que uma pequena idéia pode trazer grandes resultados”, analisa o idealizador Gilberto Dimenstein.

O evento aconteceu na sede do Itaú Cultural em São Paulo

auditório do espaço ficou lotado

Read Full Post »