Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘cordel’

No ano da copa do mundo, alguns cordelistas integrantes da Caravana do Cordel, sob a coordenação de Nando Poeta, através da editora Luzeiro, resolveram inovar na forma das pessoas saberem mais sobre o evento futebolístico mais prestigiado do planeta.

De um jeito autêntico e inovador, a publicação HISTÓRIAS DA COPA DO MUNDO EM CORDEL, reúne na visão de 20 cordelistas advindos das mais diversas regiões do nordeste  radicados em São Paulo, momentos históricos das copas do mundo desde seu surgimento aos dias atuais.

No ano de 2006, destaque para o poeta Luiz Wilson, que descreve com muito bom humor e inteligência, versos que falam sobre o placar de todos os jogos do Brasil e também sobre os craques escalados naquela ocasião. Versejando outros anos, participaram da publicação os poetas: Varneci Nascimento, Moreira de Acopiara, João Gomes de Sá, Pedro Monteiro, Marco Haurélio, Costa Senna, Josué Araújo, Cacá Lopes, dentre outros cordelistas da Caravana do Cordel. Solicite aqui este cordel.

Anúncios

Read Full Post »

Por tradição, maio é oficialmente o mês das noivas e obviamente, também dos casamentos. A cada ano, as inovações nesta festa tão marcante na vida de um casal, são crescentes. E para tal, muitos apostam em meios cada vez mais autenticos para diferenciar o momento, que por força maior, exige a formalidade. Para fugir dos padrões, a idéia é deixar os convidados (até os indesejáveis) bem informados sobre a a história dos dois, mas, de forma irreverente e descontraída.

A literatura de cordel neste caso é a melhor pedida. Tradicionalmente nordestina, hoje o cordel tem espaço em grandes eventos, festas e encontros, principalmente, por quebrar formalidades e falar de temáticas diversas de forma que todos possam entendê-la e apreciá-la.

A festa de casamento é uma delas. O cordel pode ser feito desde o convite até as lembrancinhas. No primeiro caso, todas as regras convencionais são seguidas, porém a métrica e a rima dão todo o diferencial no chamamento do convidado ao evento. A capa também seduz. A xilogravura (ilustração típica do cordel) pode ser outro item acrescentado neste inusitado convite.

Já as lembrancinhas, o típico folheto narrando a história do casal desde o começo até os dias atuais, é à atração a parte da festa. Situações cômicas e marcantes são fatos certos a serem explorados no texto. A capa também pode ser xilogravura, ou a própria foto do casal. O folheto pode ser entregue na recepção, ou mesmo colocado na mesa de cada convidado. A novidade ainda pode ser acompanhada da declamação do poeta em dado momento da festa. Uma coisa é certa: a surpresa deixa os convidados participativos com o evento e o momento torna-se inesquecível para todos.

Neste mês, os pedidos crescem ainda mais. Se a novidade chama sua atenção é só entrar em contato conosco no blogdadani@danialmeida.com
Mande sua história, escolha seu pacote.

Completão (Convite e Lembrancinha): Conteúdo + Ilustração + Impressão+Declamação(em SP)

ou

Basicão (Convite ou lembrancinha): Apenas Conteúdo

PS: Para aqueles que moram fora de São Paulo e quiserem a declamação do poeta, as despesas de locação do artista são inclusas.

Read Full Post »

Na tarde do último sábado (10), estive no auditório da Biblioteca popular Belmonte, localizada na Zona Sul de São Paulo, para prestigiar a cantoria do lendário Louro Branco e do grande amigo Valdir Teles.

O evento, apresentado pelo maravilhoso poeta Moreira de Acopiara, contou com a presença de vários cordelistas, cantores e apreciadores da cultura nordestina.

A Biblioteca Belmonte tornou-se temática em cultura popular em agosto de 2007. Além de cultura popular, a biblioteca atua também na formação de jovens, orientando pesquisas, trabalhos escolares e acadêmicos, além, é claro, de levar muitos eventos ao seu auditório, que conta com uma decoração muito bacana e super original. Abaixo, minha impressão poética sobre o evento. É isso aí galera. hasta la victoria siempre 🙂

E no encontro popular

Os amigos avistei

Só a nata da cultura

Os melhores de uma vez

Com Moreira, Louro Branco

Valdir Teles, Exaltei.

Moreira de Acopiara apresenta Louro Branco e Valdir Teles

Com o lendário Louro Branco

com o poeta Pedro Monteiro

com o pesquisador Marco Haurélio

público prestigia evento

Read Full Post »

É hoje das 19h às 22h, novo Encontro da Caravana do Cordel. O endereço é Rua Augusta, 1239, salas 13/14.

Metrô Consolação (sentido Centro)

Entrada Franca

Read Full Post »

Naturais de Sertânia, município do sertão pernambucano, localizado há 320 km do Recife, os poetas-primos, Luiz Wilson e Duval Brito em seus mais recentes lançamentos Vendendo e Aprendendo em cordel e Reflexos e Risos, respectivamente, mostram através da poesia, um amplo universo vivido em nosso dia-a-dia.

No primeiro, numa linguagem popular, Wilson fala sobre vendas de forma divertida e irreverente aos seus leitores. Vendendo e Aprendendo em cordel, ensina técnicas de desenvolvimento e motivação a gerentes, vendedores e profissionais de todas as áreas relacionadas à venda. Nele, são narradas histórias e situações inusitadas vivenciadas pelo poeta na época em que era vendedor. “ No comércio, já fui desde auxiliar geral de departamento a gerência e supervisão. Conhecendo todas essas áreas e seu difícil cotidiano, criei através da linguagem do cordel um novo método de treinamento nas empresas”, afirma o autor. O livro, requisitado por empresas de médio e grande porte em palestras desenvolvidas pelo poeta no Estado de São Paulo, com muita descontração mostra o passo a passo da venda desde a preparação e apresentação até o fechamento e a pós-venda.

Do cotidiano comercial abordado por Luiz Wilson, para o existencialismo reflexivo, também seguindo a linha da poesia popular, Reflexos e Risos de Duval Brito toca em pontos cruciais da nossa alma reveladas diariamente. Poemas com dicas, conscientização e até piadas, nos remetem a refletir sobre nossa própria existência, o que fazemos dela na prática e como mudamos realidades.

Duval também aborda temas como o amor, homenagens, preces, testemunhos de fé e críticas. Um capítulo voltado ao humor poético e outro dedicado a seu filho único, Laival Brito, falecido prematuramente vítima de um trágico acidente de moto, também são encontrados em Reflexos e Risos onde se destacam os poemas: Interrogações e Pior dia de um pai.

Marcados por uma trajetória de luta e desafios em defesa da cultura popular, os poetas-primos, sempre foram parceiros e, unindo seus dons poéticos à música, há mais de 20 anos, Luiz Wilson, que também é cantor, grava várias composições de Duval Brito. Atualmente, o autor-cantor reside no Estado de São Paulo defendendo sua terra e divulgando artistas pernambucanos, dentre eles, Duval Brito, que hoje reside em Paulo Afonso na Bahia e continua como seu fiél parceiro artístico.

Serviço:

Vendendo e Aprendendo em Cordel de Luiz Wilson e Reflexos e Risos de Duval Brito

Contatos: 11 3120-4765 / 75 3281-9516

www.luizwilsonpintandoosete.com.br

Read Full Post »

Neste dia 19, a partir das 19h, marcando o 144º aniversário de nascimento do maior representante da literatura de cordel, Leandro Gomes de Barros, artistas diversos farão homenagens em comemoração ao dia do cordelista .

O evento, promovido pela Caravana do Cordel, que tem como organizadores, poetas , músicos e pesquisadores populares nordestinos radicados em São Paulo, vem alcançando grande sucesso em suas reuniões mensais no Espaço Cineclubista da Rua Augusta, com o objetivo de manter viva a tradição itinerante da poesia popular.

Compondo as atividades desse dia histórico, uma mesa redonda discutirá a atual realidade da literatura de cordel, as vitórias e os embates a serem travados num campo em que o preconceito e o desconhecimento ainda são intensos.

Haverá também, exposições de xilogravuras, a tradicional feira de cordel e apresentações poéticas e musicais com Luíz Wilson, Cacá Lopes, Costa Senna, Jackson Ricarte e convidados. O evento é gratuito.

Confira a programação

artistas populares organizam Caravana do Cordel

19h – Mesa redonda: Cordel: conquistas e desafios

Debatedores: Moreira de Acopiara e Marco Haurélio – Mediador: Pedro Monteiro

20h – Palestra: Leandro Gomes de Barros: desbravador do Cordel, ministrada por Aderaldo Luciano, Doutor em Letras pela UFRJ.

21h – Sarau poético com membros e apoiadores da Caravana do Cordel

21:30 h – Apresentações musicais de Luiz Wilson , Cacá Lopes, Costa Senna, Jackson Ricarte e convidados.

Serviço

O quê? Dia do Cordelista: uma homenagem a Leandro Gomes de Barros

Quando? Dia 19, às 19h

Onde?  282 – São Paulo SP – Fone: 3350-6000

Entrada franca

Read Full Post »

No último dia 22 de outubro, foi realizado em São Paulo, no Museu da Língua Portuguesa , o Prêmio Viva Leitura 2009, um dos mais respeitados do país que visa reconhecer os projetos mais criativos de incentivo a leitura. Na categoria Escolas Públicas e Privadas, o grande vencedor foi o professor pernambucano do município de Sertânia, Josessandro Andrade. Veja na íntegra, matéria especial que fiz para o portal JC Online , do Sistema Jornal do Commercio, no link abaixo.

Pernambuco Vence Prêmio Viva Leitura

Parabéns Josessandro por essa conquista que é de todos nós, nordestinos, arretados como você e o povo de Sertânia.

teste - SDC12068_390x422

Josessandro Andrade, vencedor do Prêmio VivaLeitura 2009 na categoria Escolas públicas e privadas

teste - SDC12010_398x390
Fatel Barbosa, Josessandro Andrade, Daniella Almeida e Luiz Wilson

(direita p/esquerda) Ministro da Cultura Juca Ferreira, Josessandro Andrade,Lailton Araújo e Daniella Almeida

Read Full Post »

Older Posts »